OS ADÚLTEROS DA BÍBLIA!

1 de dezembro de 2010


A mulher sempre esteve em último plano na Bíblia e no conceito de Jeová. Durante milênios sua condição foi a de objeto inferior ao homem. A mensagem propagada pelos cristãos é de que seu deus criou “macho e fêmea”, constituindo assim casamento e família como dádivas. Porém os escritores bíblicos não esconderam seu machismo quando descreveram a relação entre homem e mulher; e no relato da Criação podemos ver claramente a [suposta] predileção de seu deus pelo homem:

a)      O homem foi criado primeiro: Gn 1.26; 2.7.

b)      A mulher foi feita da costela do homem, tornando clara a sua posição inferior diante dele: Gn 2.22.

c)      A culpa do “pecado” caiu sobre ela: Gn 3.6; Eclesiástico 25.24.

Embora muitos seguidores da Bíblia afirmem que perante Deus tanto o homem como a mulher tinham a mesma punição, na prática vemos o contrário. Em Lv 20.10 lemos:

“Se um homem adulterar com a mulher do seu próximo, será morto o adúltero e a adúltera.”

Pergunta: O Rei Davi foi morto? Eis a resposta: II Sm 11.2-5. Bate-Seba também não foi condenada a morte, mas o seu esposo foi por ordens do “santíssimo” Davi que logo após a morte de Urias, concretizou o plano de casar-se com ela.

A definição para adultério [João 8.3] na Bíblia Plenitude está detalhada numa das notas [PALAVRA-CHAVE] que diz:

“… adultério, moicheia; Strong 3430: Relação sexual ilegal, relação ilícita com uma pessoa casada, infidelidade marital. Moicheia é incompatível com as leis harmônicas da vida familiar no Reino de Deus; e, como viola o objetivo original de Deus no casamento, está sob o julgamento de Deus.” [Bíblia Plenitude, p. 1086]

O adultério no Velho Testamento era definido de acordo com status marital da mulher; ou seja, os homens casados podiam praticar adultério com mulheres solteiras que não eram considerados adúlteros pelo Jeová de Moisés! Mas se uma mulher casada adulterasse com um rapaz solteiro… Até as noivas que não comprovavam a virgindade eram apedrejadas até a morte [Dt 22.13-21]; porém não mencionava-se a necessidade de virgindade para o noivo. Justo, não é mesmo?

Percebam que os cristãos usam muito os termos “família”, “vida familiar” e “casamento”; demonstrando assim que são guardiões dos mandamentos de Deus para os homens. Este outdoor lançado pelo ministério do Malafáia retrata bem a idéia da lei natural da procriação e centralidade da família. Mas se aceitarmos tal mentalidade, temos que questionar que a homossexualidade não seja a única forma antinatural de sexualidade humana que eles devam condenar, mas também a masturbação, o uso dos anticoncepcionais e o sexo anal e oral. Mas quem garante que os santos cristãos evitam as quatro últimas formas de sexualidade? Quais dos cristãos que “são a favor da família e da preservação da espécie humana” que contexta o absurdo narrado pela bíblia de que uma mulher engravidou de um espírito? [Mt 1.18; Lc 1.34-35]. Isto é natural? Espírito pode engravidar uma mulher? Como os cristãos encaram esses versículos diante da ciência? Eles nem são capazes de admitir que aqueles que eles consideram “homens de Deus” na Bíblia e que cumpriram ao pé da letra tal “lei natural”, não passam de meros safardanas!

Em Êxodo 20.14 e Dt 5.18, um dos mandamentos dados [supostamente] por Jeová a Moisés foi “Não adulterarás”! Todos nós temos conhecimento de que as mulheres foram, e até hoje em algumas nações, continuam sendo apedrejadas sob a acusação de adultério. Mas o que dizer dos “santos homens” da Bíblia? Confira a lista dos adúlteros mais famosos de Jeová que ignoraram completamente sua lei:

1-      Abraão [3 mulheres]: Gn 16.1-2; 25.1[Além de praticar incesto com Sara];

2-      Jacó [4 mulheres]: Gn 29. 23, 28; 35.23;

3-      Esaú [3 mulheres]: Gn 26.34-35; 36.2;

4-      Rúben – “traiu” o pai com sua concubina:  Gn 35.22];

5-      Lameque: Gn 4.19;

6-      Elcana: I Sm 1.2;

7-      Salomão [370 mulheres]: I Rs 11.1-3;

8-      Gideão: Jz 8.30-31;

9-      Um levita (desconhecido): Jz 19.1;

10-  Saul: II Sm 3.7;

11-  Davi: II Sm 5.13; 12.11; 16.22.

Por que esses homens que adulteraram, escaparam da sentença de morte? A lei de Jeová não tinha poder ou autoridade sobre eles? Embora muitos hipócritas citem as “conseqüências” desastrosas do pecado de adultério na vida desses “santinhos”, nada justifica saírem ilesos da condenação de Jeová!

Segundo um site cristão:

“A instituição divina do casamento está registrada em Gênesis. “E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada. Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne” (Gênesis 2:23-24). Deus criou o homem e depois fez a mulher do “osso de seu osso”. O processo, como registrado, nos diz que Deus tomou uma das “costelas” de Adão (Gênesis 2:21-22). A palavra hebraica literalmente significa “o lado de uma pessoa”.

Por isto, Eva foi tomada do “lado” de Adão e é a seu lado que deve ficar. “E Adão pôs os nomes a todo o gado, e às aves dos céus, e a todo o animal do campo; mas para o homem não se achava ajudadora idônea” (Gênesis 2:20). As palavras “ajudadora idônea” são a mesma palavra hebraica. A palavra é “ezer” e vem de uma palavra-raiz primitiva que significa ficar à volta, proteger ou auxiliar, ajudar, ajudador, assistir. Por tal razão, significa ajudar, assistir ou auxiliar. Eva foi criada para ficar ao lado de Adão como sua “outra metade”, para ser seu auxílio e sua ajuda. Um homem e uma mulher, quando se casam, se tornam “uma só carne”. O Novo Testamento adiciona um aviso a esta “unidade”: “Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem” (Mateus 19:6). [Got questions?org, 2010]

Será que esse alienado não leu os casos de adultério citados acima? Ou será que é mais um manipulador de mentes a serviço do machismo da cristandade?

Ainda em outro site cristão lemos:

“Deus permitiu, mas não aprovou certas coisas nos dias em que a Bíblia não era completa [*ver nota abaixo]. Atos 17.30 disse que Deus não teve em conta os tempos da ignorância. Passou por cima de certas coisas erradas até os dias de Cristo. Permitiu-as, mas não as aprovou! Quem quer provar que a poligamia é certa sempre cita estes casos no velho testamento. Em vez de citar estes, por que não cita Deuteronômio 17.17? Deus mandou Israel e seu futuro rei não multiplicar nem cavalos, nem mulheres! Foi justamente “nisto” que “pecou Salomão”: Neemias 13.26. Suas mulheres eram estrangeiras. Isto também era pecado. Deus não aprovou a poligamia de Salomão. Quando os judeus voltaram do cativeiro, no tempo de Esdras e Neemias, por que Deus mandou os israelitas mandar embora suas mulheres estranhas? Esdras capitulo 10. Era pecado possuí-las. Em versículo 6, Esdras “estava anojado pela transgressão dos do cativeiro.” Israel, para provar que estava arrependido, cerrou estas relações que eram contra a lei de Deus. Quando alguém se arrepende de fornicação, não continua nela. [Vivos!, 2010]

Este, apesar de citar os pecados de Salomão, teve o disparate de exaltá-lo citando Ne 13.26 e dizendo que Deus permitiu tal “safadeza”, mas não aprovou! Esta afirmação alienada não torna o Jeová bíblico um deus machista? Por que só permitiu homens adulterarem e as mulheres não?

NOTA: Vale à pena ressaltar que a Bíblia não é um livro completo como ele bem afirmou. Existem muitos livros que estão fora do cânon bíblico! Na verdade, a Bíblia inteira deveria ser excluída da nossa sociedade! Confira abaixo os livros que faltam na Bíblia:

1-      Do Convênio, Ex 24.7;

2-      Das Guerras do Senhor, Nm 21.14;

3-      De Jasher, Is 10.13; II Sm 1.18;

4-      Atos de Salomão, I Rs 11.41;

5-      Samuel: o vidente, I Cr 29.29;

6-      Laodicences, Cl 4.16;

7-      Dos Justos, Js 10.13;

8-      Epístola Perdida de Paulo, I Co 5.9;

9-      II Epístola Perdida de Paulo, Ef 3.3-4;

10-  III Epístola Perdida de Paulo, Cl 4.16.

CONCLUSÃO

Os cristãos adoram apontar “pecados” dos outros, porém além de encobrirem os seus, encobrem também a mensagem pútrida da Bíblia de homicídios, adultérios, infanticídios e alienação.

Ainda hoje, os pastores que apontam a homossexualidade como “pecado”, são os mesmos que são pegos em adultério! Confira no vídeo abaixo um pastor famoso da década de 80 nos EUA, pedindo perdão pela sua infidelidade conjugal:

Jimmy Swaggart: “I have sinned against you, my Lord! And I would ask that your precious blood…” (Tradução: “Pequei contra Ti, meu Senhor! E eu gostaria de pedir que o teu precioso sangue…”)

NOTA: Essas lágrimas de crocodilho desse adúltero não chegam nem ao “rastro” do pranto daquelas mulheres que são assassinadas por mandamento de livros. Veja ainda no final dessa matéria uma pregação de Jimmy Swaggart contra o pecado por ele cometido!

Como não falar dos muitos absurdos narrados na Bíblia? Como não expô-los para que a nossa sociedade perceba que não podemos seguir um livro e afirmar que é fonte de inspiração para nossas vidas?

Por que não expor e questionar nas igrejas os inúmeros absurdos bíblicos que não são comentados nas igrejas? Confira alguns abaixo:

1-      Mutilação [circuncisão] como sinal entre um deus e o homem [macho]: Gn 17.10-14. Percebam o quanto custava praticar esse ritual: Gn 34.25; Ex 4.25-26.

2-      Estupros como ofertas: Gn 19.7 e Jz 19.24. Porém quando não era para salvar a pele de algum anjo [poderoso] ou um “macho” qualquer, era humilhação e desonra: Gn 34.25-28.

3-      Incesto e relações ilícitas - O filho não podia com a concubina do pai, mas o pai podia com as filhas: Gn 35.22; 49.3-4 versus Gn 19.30-36.

4-      Infanticídio – Povos considerados pagãos não podiam sacrificar os filhos, mas os israelitas podiam: Lv 20.2 versus Gn 22.2; Ex 13.1-2, 11-12; Jz 11.30, 39.

5-      Preconceito com os deficientes: Lv 21.17-20; II Sm 5.8.

6-      Toque na genitália [*coxa – Ver nota abaixo ] – Um homem podia tocar na genitália do outro, mas a mulher não podia: Gn 24.2 versus Dt 25.11-12.

*Nota: Confira o termo coxa aplicado aos órgãos sexuais: Gn 47.29 e Nm 5.21. A Bíblia Plenitude interpreta a palavra “coxa” exatamente como órgãos sexuais, p. 145; A Bíblia de Jerusalém interpreta como “sexo”, p. 222.

7-      Filhos – Herança do Senhor [?] Confira o que os israelitas fizeram com a herança que Jeová lhes deu: Sl 127.3 versus Lv 26.29; Dt 28.53; Jr 19.9; Ez 5.8-10; Sl 106.37-39. Como Deus abençoaria seu povo com filhos [herança] e depois ordenaria a matança deles?

8-      Pedofilia: Nm 31.18; I Rs 1.1-4 e Cantares 6.13; 8.8-9. Confira  outras versões de Nm 31.18:

A Bíblia de Jerusalém:

“Não conserveis com vida senão as meninas que ainda não coabitaram com homem e elas serão vossas”.

A Bíblia do Rei Tiago [King James]:

“But all the women children tha have not known a man by lying with him, keep alive for yourselves”.

TRADUÇÃO:

“Mas todas as [mulheres crianças] meninas que não conheceram um homem, deitando-se com ele, deixai-as viver para vós”.

9-      Imundície – Tanto o fluxo menstrual da mulher como o sêmen do homem era considerado pelos ignorantes hebreus como “imundície”; mas comer “fezes” não era: Lv 15.2,8,10,19,24 versus Ez 4.9-15.

Creio que esses nove itens, juntamente com o exposto nesse artigo, são suficientes para mostrar o quanto os chamados homens de Deus manipulavam as escrituras a seu bel-prazer; tornando-se isentos de qualquer mandamento bíblico de punição, e aplicando-os impiedosamente aos ignorantes e menos favorecidos.

Por Andrea F. Foltz.

Pregação do Pastor Jimmy Swaggart sobre a santificação:

Bibliografia

A BÍBLIA DE JERUSALÉM. São Paulo: Paulus, 1995, 7ª Impressão.

Bíblia de Estudo Plenitude. Barueri – SP: Sociedade Bíblica do Brasil, 2002.

DAVIS, J. D. Dicionário da Bíblia. 10ª edição. Rio de Janeiro: Juerp, 1984.

GOT QUESTIONS?ORG. O que a Bíblia diz sobre o casamento? Disponível em <http://www.gotquestions.org/portugues/casamento-Biblia.html>. Acessado em 22/11/10.

VIVOS! O SITE DA FÉ CRISTÃ. Casamento uma instituição divina. Disponível em <http://www.vivos.com.br/439.htm>. Acessado em 22/11/10.

=====================================================

VEJA TAMBÉM:

PEDÓFILOS DA BÍBLIA! [CLIQUE AQUI]

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 55 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: